quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Retrospectiva movimentou beneficiários em dezembro

A tradicional Restrospectiva do projetos desenvolvidos pelo Cepac aconteceu em 6 de dezembro, no Ginásio de Esportes Dalmo Martins Duarte.
A atividade marcou com a finalização de mais um ano com as apresentações culturais dos Projetos Semeando o Futuro, Profissionalizante, Aprendiz Cidadão, Casa Glorinha e Residência Inclusiva. Além disso, os participantes tiveram a oportunidade se emocionar com os depoimentos dos adolescentes e familiares.
Estiveram presentes neste momento representantes das empresas parceiras  Leaseplan, Grupo Freudenberg, C&A, Smiles, OBB e os parceiros institucionais CRAS Parque Imperial e Coordenadoria da Juventude.

















Minha história com o Cepac - Erica Andrade de Oliveira

     
 A aprendiz na empresa Chemours, Erica Andrade de Oliveira, de 19 anos, teve uma grata surpresa no mês de dezembro: foi a primeira aprendiz a receber um certificado de reconhecimento pelo desempenho e produtividade durante o contrato. 
“Eu fiquei muito feliz e realizada! Reconheceram o meu esforço, sempre fazia além do meu trabalho”, conta Erica sobre a surpresa que recebeu de seus gestores. 
A mais velha de seus irmãos passou um ano no Projeto Profissionalizante e participou de três entrevistas até ser contratada pela Chemours. 
Quando entrou no Cepac, ela lembra que tinha dificuldades de relacionamento com as outras pessoas. “A minha maior dificuldade foi a comunicação, eu era bastante tímida e com as aulas de comunicação e expressão fui conseguindo falar em público”. Além disso, a necessidade de se expressar no ambiente de trabalho fez com que desenvolvesse essa habilidade. 
Agora com o seu contrato de aprendiz chegando ao fim, o seu sonho é finalizar a faculdade de administração, atualmente trancada, e fazer viagens internacionais. 
Para os seus colegas que ainda estão em busca do primeiro emprego Erica deixa o conselho que já escutou aqui no Cepac e aplicou na sua vida: “Não deixe de acreditar em você, no seu sonho e no seu potencial”.