sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Projeto Semeando Colhendo Conhecimento e Cultura


Em junho, jovens do projeto semeando assistiram ao espetáculo infantil “Cadelelê meu Bolo de Roda?”, no Teatro Municipal de Barueri. Os jovens aproveitaram o momento de descontração para ampliar o repertório cultural.  

No dia 03 de julho, os adolescentes participaram de uma visita à redação do jornal Folha de São Paulo. O objetivo da visita foi ampliar os conteúdos vistos nas oficinas de informática e comunicação, apresentando o processo da elaboração de um jornal, sua organização e importância, além de incentivar a leitura. Fizeram o estudo do meio jornalístico (editoriais e bancos de dados); puderam tirar dúvidas com diagramadores, repórteres e fotógrafos; desenvolveram atividades para montagem de uma 1ª página de jornal e aprenderam sobre os diversos tipos de texto e impressão.


Programação Diferente nas Férias do CEPAC


Durante o mês de férias escolares, o CEPAC ofereceu atividades para diferentes públicos, abrindo à comunidade e familiares dos beneficiários.

 As atividades foram intensas, consideramos a importância de espaços que recebessem as crianças e adolescentes neste período de grande ociosidade.

Recebemos crianças e adolescentes de 04 a 17 anos, oferecendo oficinas de Bijuteria, Bonecos, Campeonato de videogame, Cine Pipoca, Contação de História, Culinária, Danças Populares e Urbanas, Gincanas, História em Quadrinhos, Jogos, Mediação de Leitura, Reciclagem, Videokê e Violão.




Profissionalizantes no Centro de São Paulo


No dia 06 de julho um grupo de adolescentes dos cursos profissionalizantes e aprendizes visitaram a Bovespa e alguns pontos históricos do centro da cidade de São Paulo. A intenção da atividade foi proporcionar oportunidades aos usuários para conhecer o centro de São Paulo e sua história. Conheceram pontos importantes da cidade como: Bovespa, Mosteiro de São Bento, Edifício Martinelli, Edifício Banespa, Centro Cultural Banco do Brasil, Praça do Patriarca, Viaduto do Chá, Prefeitura Municipal de São Paulo, Teatro Municipal, Shopping Light, Vale do Anhangabaú, Largo de São Francisco, Catedral da Sé, Marco Zero, Caixa Cultural e Pátio do Colégio.

Grande parte dos adolescentes desconheciam o centro de São Paulo, assim como sua história. A visita ampliou os horizontes dos jovens que tiveram o privilégio de participar desta descoberta sobre a história da maior cidade do nosso país.

 

 

Casa Glorinha Agitando nas Férias


No mês de julho os jovens da Casa Glorinha participaram de ações voltadas à aquisição de conhecimento e lazer.

Os adolescentes tiveram a oportunidade de conhecer o Aquário de Santos. Viram diversos peixes, realizaram um passeio de escuna pela região e almoçaram em um restaurante da Cidade.

Em outras datas assistiram a duas peças teatrais, com o objetivo de conhecer um pouco da nossa cultura. As peças retrataram as obras do escritor  Nelson Rodrigues no Teatro do SESI, localizado na Av. Paulista – São Paulo:  “Boca de Ouro” e “A Falecida”. Após a saída do teatro, os adolescentes foram ao Habib’s tomar um lanche.

No dia 04 de julho conheceram Instituto Butantan, um dos maiores centros de pesquisa biomédica do mundo, responsável por mais de 93% do total de soros e vacinas produzidas no Brasil. Os adolescentes acolhidos tiveram a oportunidade de ampliar o conhecimento sobre o mundo que os rodeia e suas oportunidades.  

PPCAM Elogia Trabalho Desenvolvido pela Casa Glorinha


Marcos Rogério da Costa, coordenador do Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte – PPCAM encaminhou a casa Glorinha ofício de agradecimento à parceria estabelecida para proteção de um jovem que encaminharam para acolhimento temporário na Casa Glorinha.

Ressaltou a atenção e disponibilidade dos técnicos do Acolhimento Institucional Casa Glorinha em contribuir com a causa maior da preservação da vida dos adolescentes ameaçados de morte.

Uma nova parceria inicia-se com perspectivas de caminhos de ajuda mútua entre as duas organizações e a ampliação das possibilidades de defesa das crianças e adolescentes da região.